EagleBurgmannnow Logo

RoTech Booster

A confiabilidade dos selos a gás depende do adequado fluxo de gás limpo e seco no selo. Sistemas de abastecimento levam o gás do produto proveniente de um estágio de maior pressão do compressor, filtra o gás e o utiliza para realizar flush no selo. Quando o compressor não está funcionando o fluxo é interrompido e não há uma fonte de gás de alta pressão para proteger o selo do gás do produto contaminado. Isto pode colocar ao selo em serio risco, já que, depósitos no selo podem causar vazamentos ou até danificar o selo. A fim de minimizar este problema, compressores de pistão alternativos / boosters impulsionados por ar comprimido têm sido utilizados nos últimos anos para aspirar ao gás filtrado do compressor, aumentar a pressão e utiliza o gás de processo e o injeta no selo.

Cada vez mais, os clientes finais estão especificando sistemas booster para aumentar a confiabilidade do selo a gás. Compressores de pistão alternativo tem uma vida útil máxima de torno de 8,000 horas, são sensíveis ao gás seco e se desgastam quando executados continuamente. À diferença dos boosters convencionais, o RoTechBooster EagleBurgmann  utiliza um ventilador radial que é acionado por um motor elétrico através de um acoplamento magnético. Não há peças de desgaste rápido como os anéis de pistão nos compressores de pistão. O RoTechBooster é, praticamente, livre de desgaste garantindo a máxima disponibilidade do sistema do compressor.

Desempenho da capacidade:

• Especificações do Modelo 120 – 155
• Pressão máxima de trabalho 120 bar - 1,740 PSI
• Atual máx. distribuição de gás a 3,500 rpm 30 Am3/hr – 18 ACFM
• Níveis de ruído a 3,500 rpm em booster padrão 80 db ou menor (dba)
• Máx. pressão proporcional a 3,500 rpm 1,06 (ar a STP)/ 1,03 (gás natural 120 bar)